Comandos elétricos industrial

Equipe Conteúdo

Os comandos elétricos industrial estão dentro das aplicações da eletricidade de potência e são com certeza um dos mais importantes, porém está apenas representando a maior parcela da transformação dessa energia elétrica em outros tipos de energia.
Assim sendo, a indústria é o centro das atividades exercidas pela maioria dos profissionais da área elétrica, seja na forma de comandos elétricos, instalação de acessórios e equipamentos, ou mesmo de projetos de automação industrial.
Dentro desta área de conhecimento situa-se o seguimento de COEL que representa técnicas e métodos que são empregados para controlar/manipular acionamentos de máquinas e equipamentos.
Os comandos elétricos industrial são compostos, na maioria das vezes por um circuito de força, onde podemos encontrar as cargas (exemplo: motores elétricos trifásicos) e circuito de comando que contempla as lógicas de acionamento de dispositivos de manobra e proteção (exemplo: botoeiras, sinaleiros e outros).

Qual a finalidade dos comandos elétricos industrial?

Os dispositivos de proteção têm a função de proteger os equipamentos, circuitos eletroeletrônicos, máquinas e instalações elétricas, contra alterações da tensão de alimentação e intensidade da corrente elétrica.
Nestes circuitos, a proteção é normalmente garantida por fusíveis, relé térmico e contator motor.

 

comando-eletrico-industrial

Quais os tipos de comandos elétricos industrial?

Acionamento e Controle

Em comandos elétricos industrial caracterizamos como dispositivos de acionamento e controle os componentes que auxiliam na composição das lógicas de acionamento do circuito que chamamos de “Circuito de Comando”.

Chave auxiliar tipo Botoeiras

As chaves auxiliares, ou botões de comando, são chaves de comando manual que interrompem ou estabelecem um circuito de comando por meio de pulsos. Podem ser montadas em painéis ou em sobreposição. Os tipos de Botoeiras são classificados da seguinte forma:

  • Botoeira de pulso;
  • Botoeira com trava (ou retentiva);
  • Tipo cogumelo para aplicações em botões de emergência.

Sinalizadores luminosos ou sonoros

Em comandos elétricos industrial a sinalização é a forma visual ou sonora de se chamar a atenção do operador caso seja necessário para uma situação determinada de um circuito, máquina ou conjunto de máquinas. Ela é realizada por meio de buzinas e campainhas ou por sinalizadores luminosos com cores determinadas por normas.

Contatores

Em comandos elétricos industrial os contatores são dispositivos de manobra mecânica acionados eletromagneticamente, construídos para uma elevada frequência de manobras. De acordo com uma potência (carga).
Quais os tipos de contatores? Existem dois tipos, sendo:

  • Contatores para motores (de potência);
  • Contatores auxiliares.

Esses dois tipos de contatores são parecidos, embora o que os diferencia são algumas características mecânicas e elétricas, sendo assim, caracterizam-se por apresentar:

  • Dois tipos de contatos com capacidade de carga diferente, chamado principal e auxiliar;
  • Maior robustez de construção;
  • Possibilidade de receberem relés de proteção;
  • Câmara de extinção de arco Voltaico;
  • Variação de potência da bobina do eletroímã como seu contator,
  • Tamanho físico de acordo com uma potência a ser comandada;
  • Possibilidade de ter uma bobina do secundário com eletroímã.

Os contatores auxiliares são usados para:

  • Aumentar o número de contatos auxiliares dos contatores de motores;
  • Comandar contatores de elevado consumo na bobina;
  • Evitar repique;
  • Para uma sinalização;

Além desses contatores apresentar características específicas também possuem:

  • Tamanho físico variável conforme o número de contatos;
  • Potência do eletroímã praticamente constante;
  • Corrente nominal de carga máxima de 10 A para todos os contatos;
  • Ausência de necessidade de relê de proteção e de câmara de extinção.

motores-eletricos-trifasicos-ca

Quais os comandos elétricos industrial mais usados?

Possuindo comandos elétricos industrial, os motores elétricos trifásicos (CA) são os mais usados.

Porque na maioria das vezes sua distribuição de energia elétrica é feita em corrente alternada (CA) e também em função de simplicidade, robustez e baixo custo.

Sendo apropriados para quase todas as máquinas encontradas, este tipo de motor é frequentemente encontrado na indústria.

Apresenta uma velocidade contínua que pode estar variando de acordo com vários fatores como cargas aplicadas a seu eixo.

Sua fonte de desempenho é baseada no campo magnético girante, que aparece quando um sistema de correntes alternada trifásico é inserido em polos defasados fisicamente de 120º.

Assim, surgirá através desta defasagem um campo magnético em cada conjunto de bobinas do motor.

Estes campos magnéticos processados formam o que denomina-se Campo Magnético Girante.

Velocidade do motor elétrico trifásico

Os motores elétricos trifásicos de corrente alternada são os mais utilizados porque na maioria dos casos a distribuição de energia elétrica é feita em corrente alternada.

E também em função da simplicidade, robustez e baixo custo, sendo adequado para quase todos os tipos de máquinas encontradas.

Este tipo de motor é largamente encontrado na indústria.

Possui velocidade constante podendo variar em função de alguns fatores como cargas aplicadas a seu eixo.

Seu princípio de funcionamento é baseado no campo magnético girante, que surge quando um sistema de correntes alternada trifásico é aplicado em polos defasados fisicamente de 120º.

Dessa forma, surge através desta defasagem um campo magnético em cada conjunto de bobinas do motor, estes campos magnéticos gerados formam o que chamamos de Campo Magnético Girante.

Se gostou do artigo, compartilhe com seus amigos e em suas redes sociais, pois partimos do princípio que informação relevante deve ser divulgada.

 

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

baixe agora o seu e-book

Preencha as informações abaixo
e receba seu E-BOOK por e-mail.

♦    Nós respeitamos você, jamais enviamos spam!